Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Bebé de 20 meses morre afogada em piscina de casa na Póvoa de Varzim

A família começou a procurar a menina e já, por volta das 18h30, os pais decidiram levantar a lona da piscina. Encontraram Mariana inanimada.
Nelson Rodrigues 20 de Junho de 2020 às 01:30
Mariana deixou de ser vista. Estava morta
Mariana deixou de ser vista. Estava morta FOTO: DR
Mariana, de 20 meses, morreu ontem afogada na piscina privada de um prédio no centro da cidade da Póvoa de Varzim.
O edifício estava ainda em construção, mas a família passava lá os dias, indo apenas dormir a outra casa que ainda possui. Ao final da tarde, a bebé encontrava-se no local aos cuidados da avó, mas a certa altura desapareceu.

A família começou a procurar a menina e já, por volta das 18h30, os pais decidiram levantar a lona da piscina. Encontraram Mariana inanimada. A criança foi logo retirada da água e alvo de manobras de reanimação por parte dos bombeiros da Póvoa de Varzim durante cerca de uma hora, mas sem sucesso.


As circunstâncias exatas da tragédia estão ainda por apurar: não se sabe se foi a própria menina que conseguiu levantar a lona da piscina e ao espreitar caiu ou se caminhou por cima da lona e aquela cedeu por não aguentar com o peso da bebé.

A família de Mariana recebeu apoio psicológico por parte de elementos da INEM. No local também estiveram agentes da PSP. O corpo da menina foi levado para o Instituto de Medicina Legal, onde será autopsiado.
Ver comentários