Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Bela vista sem procissão

A procissão pela Paz que se realiza anualmente em Setúbal deveria ter passado ontem pelo bairro da Bela Vista, mas o pároco alterou o percurso. O número de fiéis também ficou muito aquém do esperado.
13 de Maio de 2009 às 00:01
Pároco alterou percurso por “bom senso”
Pároco alterou percurso por “bom senso” FOTO: José Luís Costa/a-osto.com

Este ano entregue à paróquia da Nossa Senhora da Conceição, a procissão acabou por se desviar do trajecto inicial. A decisão coube ao padre Constantino e foi tomada "por uma questão de bom senso" e a pedido de muitos fiéis. Assim, em vez de atravessar a rua principal, a mesma onde já foram efectuados tiros, arremessados cocktails molotov e queimados caixotes do lixo, o cortejo religioso contornou o bairro. "Não por medo que nos atirassem pedras, apenas não queríamos que as pessoas deixassem de vir. As memórias dos incidentes ainda estão muito frescas", disse o pároco. Ainda assim, a procissão, que reúne anualmente cerca de um milhar de fiéis, ficou-se ontem pelas 300 pessoas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)