Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

‘Big brother’ no Santuário

O dispositivo de segurança da peregrinação de 12 e 13 de Maio ao Santuário de Fátima vai contar, pela primeira vez, com um sistema de videovigilância legalizado. As imagens captadas pelas oito câmaras instaladas no recinto servem agora de prova em caso de delitos criminais e podem ajudar a controlar a movimentação dos peregrinos em situações de emergência.
9 de Maio de 2009 às 00:30
As imagens captadas pelas oito câmaras são visionadas e gravadas numa sala do posto da GNR de Fátima, cujo acesso é restrito. Este sistema não regista os sons
As imagens captadas pelas oito câmaras são visionadas e gravadas numa sala do posto da GNR de Fátima, cujo acesso é restrito. Este sistema não regista os sons FOTO: Rui Miguel Pedrosa

'Não há soluções milagrosas', mas a videovigilância será 'uma mais-valia' no combate à criminalidade e 'na gestão das multidões em tempo real', disse ontem o tenente-coronel Vítor Lucas, na apresentação da operação da GNR para o 92º aniversário da primeira aparição.

Para esta peregrinação foram destacados 270 militares, que circularão a pé, de carro, moto, bicicleta e a cavalo. Alguns andam fardados, outros à civil. Dada a grande afluência de peregrinos registada há oito dias, a GNR está preparada para uma nova enchente hoje e amanhã, no próximo fim-de-semana e nos dias 12 e 13.

Em qualquer das datas, os automobilistas são aconselhados a chegar cedo à Cova da Iria e a usar vias alternativas para evitar o congestionamento do trânsito. Aos peregrinos a pé é pedido que circulem bem identificados, nos circuitos apropriados e em grupo.

Os mais idosos, que muitas vezes se perdem das comitivas, devem munir-se de um número de telefone de um familiar ou do guia. 'Temos uma média de cem pessoas perdidas por dia e grande parte só sabe que saiu num parque com muitas árvores e muitos carros', alertou o comandante territorial da GNR de Santarém.

FALTA PLANO DE EMERGÊNCIA

O Santuário de Fátima não tem plano de emergência e 'apresenta problemas físicos graves' nos principais acessos. A reitoria tem em curso um projecto de requalificação para solucionar o problema. Mas enquanto não se fazem as obras a videovigilância pode ser preciosa para uma intervenção rápida e localizada, em caso de emergência, explicou o comandante da GNR de Santarém, Vítor Lucas.

PAPA ENALTECE LIBERDADE RELIGIOSA

Na etapa inicial da sua histórica visita à Terra Santa, o Papa Bento XVI chegou ontem à Jordânia, onde fez questão de expressar o seu mais 'profundo respeito' pelos muçulmanos, enaltecendo ainda a liberdade religiosa.

Num discurso no aeroporto de Amã, o Papa salientou que a 'liberdade religiosa é, naturalmente, um direito fundamental', e acrescentou que tem esperança e reza para que 'o respeito pelos direitos inalienáveis e pela dignidade sejam cada vez mais afirmados e respeitados, não apenas no Médio Oriente, mas em todo o Mundo. 'A visita à Jordânia dá-me a feliz ocasião de afirmar o meu profundo respeito pela comunidade muçulmana', acrescentou Bento XVI perante o rei Abdallah II, a rainha Raina e responsáveis religiosos.

O Pontífice sublinhou ainda que a Jordânia, onde existem quase 110 mil católicos (dois por cento da população), está, 'desde há muito, na vanguarda de iniciativas a favor da paz na região, ao encorajar o diálogo inter-religioso'.

NOTAS

MILITARES: VÁRIAS LÍNGUAS

Várias equipas de militares da GNR habilitados para falar línguas estrangeiras foram mobilizados para a ‘Operação Fénix 2009’. Pertencem à Turist Suport Patrol

GRUPOS: ITÁLIA EM FORÇA

Até ontem estavam inscritos nos serviços do Santuário 87 grupos de peregrinos oriundos do estrangeiro. Só de Itália está prevista a deslocação de 22 grupos organizados

ALERTA: CUIDADO COM VALORES

A GNR aconselha os peregrinos a não transportarem muito dinheiro ou objectos valiosos na deslocação à Cova da Iria. E a não deixarem bens visíveis no interior das viaturas

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)