Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Boi guia em fuga fere cinco

Um boi em fuga provocou o pânico, ontem à tarde, no centro de Albufeira. Atacou cinco pessoas, entre as quais um militar da GNR do Destacamento local, antes de ser abatido a tiro.
16 de Abril de 2006 às 00:00
 Um militar da GNR de Albufeira foi colhido pelo boi, que foi abatido
Um militar da GNR de Albufeira foi colhido pelo boi, que foi abatido FOTO: Christopher Lewis
O cabresto, um boi que serve de guia aos touros e cujo peso atingia várias centenas de quilos, fugiu cerca das 15h00, quando estava a ser descarregado para a Praça de Touros da cidade, onde ia participar numa tourada, marcada para uma hora mais tarde.
O bovino, que começou por danificar vários carros estacionados na zona de Santa Eulália, seguiu para a Avenida dos Descobrimentos, onde provocou um acidente de viação, sem gravidade. Ao longo de dois quilómetros, sempre na mesma via, colheu uma mulher e três homens – um deles inglês – que sofreram ferimentos ligeiros.
Nas imediações do McDonalds, o boi atravessou a via, indo marrar contra a porta de um carro, conduzido por uma cidadã russa, e partindo o vidro. Nessa altura seis elementos da GNR conseguiram cercá-lo e disparar, acabando por abatê-lo, a cerca de dez metros da porta do referido estabelecimento. Um dos guardas, que se aproximou para conseguir um melhor ângulo de disparo, foi atingido duas vezes pelo animal e ficou ferido. “Parecia uma batalha campal”, disse ao CM Hugo Martins, que assistiu aos acontecimentos.
“Os guardas começaram a disparar e um levou uma marrada, tendo caído no chão. Aí, o boi voltou a marrar-lhe, na cabeça. Ficou tudo em pânico, sobretudo quando começaram os tiros.”
Para a testemunha, “era melhor que a GNR tivesse usado tranquilizantes em vez de balas verdadeiras”. Uma bala que atravessou a montra de uma loja atingiu, aliás, um jovem, de raspão numa nádega. Foi assistido no local, tendo seguido para casa.
CINCO AMBULÂNCIAS
O militar da GNR – terá fracturado um braço – e outra vítima foram transportados para o Hospital de Faro pelos Bombeiros de Albufeira, que deslocaram para o local 14 elementos e cinco ambulâncias. Os outros feridos receberam tratamento no Centro de Saúde da cidade.
PORMENORES
PERIGO
A curiosidade levou a que muitos populares se concentrassem na Avenida dos Descobrimentos para assistirem à odisseia protagonizada pelo boi. Uma situação que dificultou a actuação dos militares da GNR quando procuravam um ângulo para disparar contra o animal e abatê-lo sem colocar em risco as testemunhas. Sem tranquilizantes disponíveis e perante a ameaça imediata que o boi representava, a GNR teve de usar munições verdadeiras para o abater. A carcaça foi removida pela autarquia, depois de o veterinário municipal ter tomado conta da ocorrência.
NA PISCINA
Um cabresto que fugiu da Praça de Touros de Albufeira, a 24 de Agosto do ano passado, acabou dentro de uma piscina cheia de turistas, na Quinta dos Bicos, depois de deitar abaixo a vedação de rede do empreendimento. Com cerca de 300 quilos, o bovino, que se encontrava bastante agitado, foi injectado com um tranquilizante e reconduzido à Praça de Touros. Antes disso, contudo, ainda investiu contra uma viatura da GNR, causando danos na porta do condutor.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)