Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Bombeiro salva-se de carro abalroado por comboio em Coimbra

Homem de 48 anos saiu ferido ligeiramente de viatura destruída.
Mário Freire 1 de Novembro de 2020 às 09:39
A carregar o vídeo ...
Homem de 48 anos saiu ferido ligeiramente de viatura destruída.
Salvou-se com ferimentos ligeiros o condutor, de 48 anos e único ocupante, de um carro que este sábado de manhã foi abalroado por um comboio na passagem de nível de Fornos e Vilela, em Trouxemil, a norte de Coimbra. Trata-se de um bombeiro de Brasfemes que ia a caminho de uma instrução. O comboio de mercadorias circulava no sentido Sul-Norte e arrastou o veículo por 150 metros.

“Não deve ter respeitado a sinalização e tentou contornar as cancelas”, disse um amigo que ali se deslocou assim que soube do acidente. “É impressionante o estado em que ficou o carro e ele ter saído com ferimentos ligeiros”, referiu Paulo Neves, cunhado da vítima. “Ele parece estar bem, queixa-se de dores no peito, num braço e pernas. Não sei o que aconteceu, ele ia para uma instrução nos bombeiros”, referiu no local a sua irmã, Sandra Gomes.

Por causa do acidente, a Linha do Norte esteve cortada em ambos os sentidos duas horas e condicionada durante mais de uma hora, para operações de socorro e limpeza da via, que foi alvo de verificações técnicas dos peritos da Infraestruturas de Portugal. Também a composição acidentada foi avaliada e recebeu luz verde para prosseguir viagem, pelas 11h15, altura em que tanto a Linha do Norte como a passagem de nível foram reabertas sem qualquer condicionante. Nas operações de socorro estiveram mais de 30 elementos da GNR, Infraestruturas de Portugal, bombeiros sapadores de Coimbra e voluntários de Brasfemes, da qual faz parte o condutor abalroado.
Ver comentários