Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Bombeiros abrem processo no caso TVI

Direção nega ter ordenado uso de sirenes durante o transporte dos apresentadores.
Fátima Vilaça 14 de Outubro de 2016 às 01:45
Ambulância transporta equipa de programa da TVI
Direção e Comando dos Bombeiros de Vila Verde negam ter dado ordens para que as sirenes fossem ligadas durante o transporte de uma equipa do programa ‘Somos Portugal’, da TVI, que esteve, no domingo à tarde, nas Festas das Colheitas, em Vila Verde.

Carlos Braga, presidente da direção, anunciou a abertura de um "processo de averiguações" no sentido de perceber quem ordenou, afinal, que fosse assinalada essa "marcha de urgência". O Comando Distrital de Operações de Socorro de Braga também já questionou os bombeiros sobre a ambulância que esteve ao serviço da TVI.

"É um facto que a ambulância circulou indevidamente com sirenes e rotativos ligados, e agora queremos saber porque é que isso aconteceu", confirmou Carlos Braga. O presidente da direção garante que nem ele nem qualquer outro dirigente ordenaram que fosse acionada "a marcha de emergência" e, por isso, quer "tirar tudo a limpo". Carlos Braga acrescenta que o bombeiro que fez o transporte poderá, "se se provar que a iniciativa de ligar as sirenas foi dele", ser alvo de uma repreensão por escrito ou até, em último caso, ser expulso da corporação.

A Coral Europa, produtora do programa, confirmou ter solicitado apoio logístico à autarquia e que foi esta que, por iniciativa própria, deslocou "uma carrinha para o transporte de apresentadores e técnicos, sendo que a carrinha era de transporte de idosos e não de doentes", referiu a empresa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)