Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Bombeiros marcam congresso

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) reúne-se em congresso a 27 de Janeiro, em Torres Novas, para contestar as alterações legislativas planeadas pelo Governo.
17 de Dezembro de 2006 às 00:00
Duarte Caldeira
Duarte Caldeira
Os bombeiros rejeitam o novo regime jurídico proposto para as associações humanitárias, tendo o presidente da liga, Duarte Caldeira, garantido ontem que não vão tolerar “interferências ilegítimas do Estado” quanto à autonomia das associações.
A decisão de reunir em congresso já em Janeiro saiu do conselho nacional de ontem, realizado justamente em Torres Novas, o qual aprovou, por unanimidade, o plano de actividades e orçamento da LBP para 2007, fixado em dois milhões de euros.
Duarte Caldeira garantiu que a prioridade no próximo ano “é o processo negocial com o Governo”. No congresso será aprovado um documento com as propostas das federações de bombeiros respeitantes às restantes alterações legislativas em discussão. Em causa está o regime jurídico das corporações e o funcionamento dos serviços municipais de protecção civil.
Na negociação com a tutela, a liga pretende ainda debater o financiamento das associações, o estatuto social do bombeiro, a separação entre voluntariado e profissionalismo e a criação de grupos de primeira intervenção em todos os concelhos até 2010.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)