Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Bombeiros pedem mais dinheiro para fogos

Voluntários que integram equipas de combate a incêndios ganham 1,85 euros por hora.
Paulo Jorge Duarte 11 de Junho de 2017 às 09:42
Bombeiros combatem fogo
Bombeiros
Bombeiros
Bombeiros combatem fogo
Bombeiros
Bombeiros
Bombeiros combatem fogo
Bombeiros
Bombeiros
Os bombeiros do distrito de Aveiro exigem que o Governo aumente o valor pago por hora aos bombeiros voluntários que integram as Equipas de Combate a Incêndios (ECIN) durante o verão. Acusam o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, de recorrer a falsos argumentos quando diz que cada bombeiro ganha 1350 euros por mês nesta época.

"Para ganhar esse valor, teriam de trabalhar 720 horas por mês e isso é impossível", afirmaram ontem os responsáveis dos Bombeiros de Aveiro, em conferência de imprensa.

"Trata-se de uma forma ofensiva de se dirigir aos bombeiros" disse Marco Braga, presidente da Federação Distrital dos Bombeiros de Aveiro.

"Em Aveiro, como nos outros lados, cada bombeiro recebe 1,85 euros por hora, o que dá cerca de 300 euros por mês. Exigimos respeito e não nos revemos nas declarações do secretário de Estado e da ministra da Administração Interna que nos relegam para uma posição de desagradáveis rebeldes", afirmou o dirigente.

As corporações de Aveiro aguardam o resultado das conversações entre a Liga de Bombeiros e o governo. Caso essas negociações não os satisfaçam, garantem que irão adotar outras formas de luta. No entanto, não especificam.

"O secretário de Estado diz que os bombeiros são amadores, uma ofensa que não aceitamos", concluiu Marco Braga, lembrando que estes homens dão tudo para salvar pessoas e bens.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)