Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

BOTÕES AFASTAM ROUPA DE BEBÉ

A cadeia de grandes armazéns alemã C & A decidiu retirar de todos os seus armazéns espalhados pela Europa, incluindo Portugal, um modelo de fato de bebé por considerar que podia ser perigoso.
4 de Julho de 2002 às 23:21
O CM apurou que as lojas portuguesas já não têm à venda este vestuário, retirado há mais de uma semana e que iria ser hoje colocados nas lojas.

Lurdes Monteiro, gerente e responsável pelo Controlo de Qualidade da loja C & A no centro comercial Vasco da Gama, em Lisboa, afirmou ao nosso jornal que há mais de uma semana foi recebida uma circular interna que ordenava a retirada destes fatinhos para bebé com idades até aos dois anos, uma espécie de pijama ou “babygrow”.

“Tínhamos cerca de duas dezenas de unidades daqueles fatinhos, mas já foram todos para o armazém. Contudo, penso que não terá sido possível evitar a publicação de um anúncio, que vem hoje na Imprensa”, afirmou. Os produtos foram retirados do mercado por uma questão de prevenção, pois os bebés podiam arrancar e engolir os botões ou molas de metal. A C & A dispõe de seis lojas em Portugal, duas no Porto e uma em Gaia, duas em Lisboa (Centro Comercial Vasco da Gama e Centro Comercial Colombo) e no CascaiShopping.

DECO AVISA

Para além do perigo dos mais pequenos poderem engolir botões e molas da roupa, Graça Cabral responsável da Associação de Defesa do consumidor Deco recordou outros perigos que os pais devem ter em conta quando adquirem roupa de bebé. Em primeiro lugar, Graça Cabral apontou a importância de serem lidas as etiquetas.

O perigo de a roupa ser criada a partir de tecidos inflamáveis é outro dos pontos apontados, bem como o vestuário encerrar produtos tóxicos. Neste último ponto, a responsável aponta para a ameaça que muitas das vezes surge nos tecidos estampados, com as consequências que isso pode trazer também em termos de alergias.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)