Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Braga recebe julgamento de fraude de 10 milhões de euros

Esta decisão surge depois dos requerimentos apresentados pela defesa de nove dos 122 arguidos.
Ana Isabel Fonseca 24 de Março de 2021 às 08:17
O Tribunal Central Criminal de Lisboa declarou-se incompetente no processo que envolve a extinta Associação Industrial do Minho (AIMinho) e no qual está em causa uma fraude de 10 milhões de euros. O caso foi agora remetido para o Tribunal de Braga.

Esta decisão surge depois dos requerimentos apresentados pela defesa de nove dos 122 arguidos. Neste caso, estão proveitos ilícitos em projetos relacionados com a AIMinho e cofinanciados pela União Europeia, sendo que os factos ocorreram entre 2008 e 2013. Os arguidos são 79 pessoas singulares e 43 empresas.
Ver comentários