Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

BRAQUINHO QUER SAIR

O Director-Nacional da PSP revelou a intenção de se demitir, por considerar insuficientes as verbas para a satisfação das necessidades imediatas da Polícia.
25 de Novembro de 2004 às 00:10
Confrontados com esta vontade de Branquinho Lobo, o ministro da Administração Interna, Daniel Sanches, e Dias Loureiro, ministro da mesma pasta na época em que o Director Nacional da PSP foi secretário de Estado, deslocaram-se ontem à Direcção Nacional da Polícia, onde almoçaram com o magistrado.
Uma fonte ligada ao processo adiantou mesmo ao nosso jornal que, durante o almoço, Daniel Sanches prometeu reforçar o apoio financeiro à Direcção Nacional da Polícia. No entanto, e apesar de não se ter demitido, Branquinho Lobo mostrou-se insatisfeito com esses apoios.
Hipólito Cunha, chefe das Relações Públicas da Direcção Nacional da PSP, confirmou ao CM a realização do “almoço de amigos”, desconhecendo, no entanto, o que foi falado.
Recorde-se que os dois principais sindicatos da PSP (Associação Sindical dos Profissionais de Polícia e Sindicato dos Profissionais de Polícia) têm marcadas acções de protesto contra a situação na Polícia.
Ver comentários