Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Bruno de Carvalho depõe em tribunal

Líder do Sporting fala hoje por videoconferência.
Secundino Cunha 30 de Março de 2017 às 08:15
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, presta hoje declarações ao Tribunal de Guimarães, no âmbito da Operação Fénix – relativa a segurança ilegal – na qualidade de testemunha de acusação. O dirigente não marcará presença no Salão Nobre dos Bombeiros de Guimarães, onde o julgamento decorre, respondendo ao coletivo de juízes por videoconferência.

Hélio Varela, responsável da SPDE para a zona de Vila Real e um dos cinco arguidos (ao todo são 54, entre os quais Pinto da Costa) que se encontram detidos, prestou ontem declarações para esclarecer que nunca fez segurança ilegal nem cobranças através de ameaça.

Também um empresário do ramo das madeiras, que foi contactado pelo arguido Nuno Gonçalves para a cobrança de uma dívida de cerca de 20 mil euros, afirmou ao Tribunal que não foi alvo de qualquer ato de violência e que o contacto até resultou "numa pequena amizade" com o "cobrador".

Nas várias sessões do julgamento tem sido uma constante os depoimentos a negarem ameaças ou agressões e a dizerem que não se recordam ou não conhecem os arguidos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)