Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

BT reforça patrulhas para vigiar regresso

A Brigada de Trânsito da GNR vai reforçar as patrulhas em todas as estradas do País a partir das 11h00 de hoje, último dia das miniférias da Páscoa. Milhares de portugueses deverão regressar a casa, sendo previsível um aumento no volume de trânsito nas principais vias rodoviárias, em direcção aos centro urbanos, ao longo do dia.
16 de Abril de 2006 às 00:00
GNR prevê muito trânsito para hoje nas principais estradas do País
GNR prevê muito trânsito para hoje nas principais estradas do País FOTO: Carlos Almeida
Nos dois primeiros dias a operação da BT, que termina às 00h00 de segunda-feira, registou um morto, 15 feridos graves e 146 feridos ligeiros.
Ontem, terceiro dia da operação, no balanço provisório feito às 18h00, o tenente Gonçalves, da BT, confirmou ao CM a existência de mais uma vítima mortal, resultante de um acidente ocorrido quatro horas antes, na zona de Coina. “Comparando com o ano passado, os resultados estão um pouco melhores”, admitiu o oficial da BT.
Os quatro principais indicadores da sinistralidade rodoviária não permitem muitas conclusões. Nos dois primeiros dias da operação houve mais acidentes (564 este ano/532 em 2005), menos mortos (1/8), mais feridos graves (15/13) e menos feridos ligeiros (146 este ano /162 no ano passado). “O segundo dia da operação 2005 foi particularmente trágico, com oito mortos”, explicou o responsável da BT.
À meia-noite de sexta-feira, Viana do Castelo ainda era o único distrito sem qualquer vítima (mortos e feridos) apesar de terem ocorrido 15 acidentes. Ao contrário, o distrito de Setúbal era o único com mortos na estrada. Além do acidente em Coina, um despiste de um automóvel ligeiro na zona de Grândola, às 22h30 de sexta-feira, provocou a morte ao condutor.
Com o objectivo de evitar o agravamento das estatísticas, a BT tem previsto para hoje o reforço do patrulhamento nas estradas. A Auto-Estrada do Norte (A1) e as ligações ao Algarve (A2 e A12) deverão ser as mais utilizadas para o regresso das miniférias de Abril.
A ‘Operação Páscoa’, que termina às 00h00 de segunda-feira, envolve mais de 2000 militares da Brigada de Trânsito, apoiados pelas unidades territoriais e pelos regimentos de Cavalaria e de Infantaria.
As manobras perigosas, o excesso de velocidade e a condução sob o efeito do álcool são as infracções a que os militares vão estar mais atentos. A visibilidade das patrulhas é uma das apostas da BT, de modo a prevenir comportamentos de risco.
OS DOIS PRIMEIROS DIAS DA OPERAÇÃO*
564 - Acidentes
2 - Mortos (ontem registou-se a segunda vítima)
15 - Feridos graves
146 - Feridos ligeiros
4589 - Condutores fiscalizados
1478 - Condutores em excesso de velocidade
39 - Detidos por falta de carta e excesso de álcool
* Quinta e sexta-feira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)