Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Burla dois idosos e foge

Dois idosos foram burlados no domingo e na passada quinta-feira, na zona da Azambuja e de Sintra, por um homem que convenceu as vítimas idosas a entregar-lhe as poupanças, contando que o dinheiro que guardavam estava fora de circulação e que ia perder a validade. Nos dois casos, o homem vestia fato e gravata e apresentou-se pelo primeiro nome. Tem cerca de 50 anos e a GNR investiga a hipótese de se tratar do mesmo burlão.
16 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Um dos idosos acreditou no burlão e perdeu cerca de 400 euros
Um dos idosos acreditou no burlão e perdeu cerca de 400 euros FOTO: Rui Pando Gomes

Eram 13h20 de domingo quando um homem, "bem vestido e bem falante", se apresentou à porta de um idoso de 75 anos, em Aveiras de Baixo, na Azambuja, contando que era funcionário dos correios e que algumas das notas que possuía estavam a perder a validade. A vítima acreditou na história e entregou ao desconhecido cerca de 400 euros em notas, que nunca mais viu. O burlão, que aproveitou um momento de distracção do idoso, colocou-se em fuga num ligeiro de passageiros de cor castanha, segundo informações da GNR.

Já na passada quinta-feira, dia 11, foi a vez de um idoso de 80 anos, residente em Colares, Sintra, ser a vítima. Um homem com as mesmas características, vestido de fato e gravata, bem falante e apresentando-se como funcionário de uma instituição bancária, alegou que várias notas iam ficar fora de circulação. Depois de o idoso lhe ter colocado o dinheiro na mão, o burlão também aproveitou uma desatenção e fugiu. Mas desta vez o veículo utilizado foi uma carrinha branca.

Entretanto, ainda esta semana vai ser marcado o julgamento, em Oliveira de Azeméis, de uma mulher que é acusada de ter burlado em 150 mil euros um casal de idosos em 2006.

PORMENORES

CRIME AUMENTA

A GNR assegura que este tipo de crime está a aumentar. De Janeiro a Setembro de 2009 foram registados 114 queixas de idosos por burla. Em 2008 registaram-se 188 crimes desta natureza.

CONSELHO

A GNR aconselha o contacto imediato com as entidades competentes sobre negócios que sejam propostos por desconhecidos e desaconselha a realização de negócios que envolvam entregas de dinheiro na rua ou por telefone.

AVÓ E NETO BURLAM

Avó e neto foram detidos a 9 de Fevereiro, pela GNR de Chaves, num bairro do Laranjeiro, em Almada, suspeitos de terem burlado dezenas de idosos em Trás-os-Montes. Aguardam julgamento em liberdade.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)