Burlada a arrendar casa para férias

Turista foi burlada em 450 euros ao reservar moradia em Albufeira.
Por Rafael Duarte|16.07.18
Burlada a arrendar casa para férias
Foto André Cravinho
Eliana Simões reservou, em março, uma moradia no site Custo Justo para passar férias em Albufeira. Combinou com Sandra Silva, a pessoa que aparecia no site como responsável pela casa, reservar 10 dias por 450 euros sendo que os restantes 500 euros seriam pagos depois. Em junho, Eliana chegou ao local e não estava ninguém para a receber. A pessoa que está a alugar a casa garante que também está a ser vítima de um esquema de burla.

"Achei muito estranho todo o processo. Normalmente pagamos tudo no dia e aqui houve a preocupação de pagar metade antes. Nunca me quis dar um contacto para combinarmos bem as coisas" lamentou ao CM Eliana Simões. Mais tarde a cliente encontrou, através de outros anúncios, o número de Sandra Silva, que referiu ao CM que "já estava à espera desta situação", porque diz que também está a ser vítima deste esquema. Um amigo do proprietário da casa encontrou, em março, o anúncio falso e fingiu ser cliente, entrando em contacto com o alegado burlão. Sandra contou ao CM que "para além de um email falso, a pessoa respondeu sempre com o nome Abrantes ou Antunes no meio e disse que o condomínio tem receção".

Sandra Silva, que não é a proprietária e apenas aluga a moradia, já fez queixa na PSP de Faro. Questionada pelo CM, garantiu que aluga a casa em vários sites e nenhum deles é o Custo Justo. Recentemente encontrou um outro anúncio falso com o seu nome no Sapo Casa.
A vítima fez queixa na GNR, que está a investigar.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!