Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Burlado atira-se à Justiça

Vítor Vieira, vítima de duas mulheres em prisão preventiva por terem burlado vários homens em todo o País – seduzidos, drogados e roubados –, acusa a Justiça de "lentidão e de proteger os criminosos" em detrimento "dos lesados". A revolta do homem, de 58 anos, é resultado dos gastos que já teve com o processo judicial, a correr termos no Ministério Público de Cascais.
25 de Janeiro de 2010 às 00:30
Vítor Vieira diz que foi burlado
Vítor Vieira diz que foi burlado FOTO: Rui Miguel Pedrosa

"Já gastei muito dinheiro em viagens. Elas [as suspeitas] têm transporte e alimentação grátis", diz. Em Junho passado, Vítor Vieira caiu na "cilada" das duas mulheres: encontraram-se em Vila Franca de Xira e dali seguiram para Cascais, onde dois copos de vinho branco o deixaram a dormir até ao dia seguinte, quando foi acordado pela polícia. "Elas drogaram-me e levantaram 4000 euros com os meus cartões de crédito", garante Vítor Vieira, que apela "à união de todos os homens enganados pelas vigaristas".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)