Burlão das notas confessa crimes

Valdemar Castro está a tirar uma licenciatura na cadeia.
Por Ana Isabel Fonseca|20.04.18
Valdemar Castro, que ficou conhecido como o ‘burlão das notas de 50’, confessou esta quinta-feira no Tribunal de S. João Novo, no Porto, ter cometido cinco crimes de burla, entre 2015 e 2016, em Rio Tinto, Ermesinde e Valongo.

O arguido, que está a cumprir oito anos de cadeia por crimes semelhantes, alegou que, após a morte da mulher, "ficou sem chão".

"Perdi a minha empresa, comecei a consumir droga e entrei no mundo do crime", disse o engenheiro civil, de 44 anos, que está a tirar na cadeia uma licenciatura em Ciências Sociais.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!