Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Burlão em fuga recusa entregar-se

Rui Humberto Silva, de 56 anos, está foragido há uma semana da cadeia de Izeda, em Bragança, e não tenciona entregar-se para cumprir o resto da pena a que foi condenado pelos crimes de burla. As filhas e o advogado de Rui Humberto tentam convencê-lo, mas este alega que está revoltado por ter ainda dois processos em recursos há muito tempo.
25 de Outubro de 2011 às 01:00
Fugiu da cadeia há uma semana e ontem polícias foram procurá-lo à casa da filha em Chaves
Fugiu da cadeia há uma semana e ontem polícias foram procurá-lo à casa da filha em Chaves FOTO: direitos reservados

"Diz que já cumpriu seis anos de cadeia e que há homicidas que cumprem menos tempo de prisão. Assume ser burlão compulsivo, mas diz que não matou ninguém", disse ao CM Gil Brandão, advogado de Rui Humberto. "Estou a tentar que ele se entregue. Tem momentos em que concorda, mas depois desiste", explica o advogado, salientando não saber onde o seu cliente se encontra. "É ele que me contacta, sempre com números anónimos", ressalva. Os mesmos cuidados tem tido com as filhas, residentes em Chaves, que também já foram contactadas pela PSP. Filhas e advogado afirmam não saber do paradeiro de Rui Humberto. Sabem apenas que estará em Portugal.

Nos contactos com o advogado, Rui assumiu ter planeado não regressar a Izeda durante uma saída precária concedida pelo juiz, para não prejudicar o director do estabelecimento prisional, que já lhe tinha concedido outras saídas. Rui Humberto terá dinheiro, uma vez que, há cerca de um ano, recebeu um prémio de 55 mil euros no Euromilhões.

ASSUMIU IDENTIDADE DE VÁRIOS POLÍTICOS

Rui Humberto da Silva tinha uma enorme imaginação quando se tratava de colocar em prática uma burla. Durante os vários anos em que andou no mundo do crime assumiu a identidade de vários políticos. Fingiu ser Marques Mendes, Salgado Zenha e até disse ser cunhado de Cavaco Silva. O burlão chegou também a fazer--se passar por padre, por advogado e até director de um banco. Numa entrevista ao jornal ‘Comércio do Porto’ disse que queria candidatar-se à presidência da República. Também burlou Ferreira Torres.

bragança burlão fuga
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)