Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Burlas a idosos chegam aos 16%

Quase 16 por cento dos crimes de burla foram praticados contra idosos no primeiro semestre deste ano, revelam dados da GNR, que na sexta-feira inicia uma operação em todo o país para prevenir este crime.

14 de Outubro de 2010 às 09:43
GNR vai sensibilizar idosos para cuidados a adoptar
GNR vai sensibilizar idosos para cuidados a adoptar FOTO: Paulo Marcelino

Segundo os números avançados à agência Lusa, referentes à área de intervenção da GNR, nos primeiros seis meses do ano, 122 crimes de burla  contra idosos, num total de 769.

Segundo a GNR, este tipo de crime praticado contra a terceira idade sofreu uma redução de cinco por cento no primeiro semestre deste ano face ao mesmo período de 2009.

No ano passado, a GNR registou 322 crimes de burla contra idosos, num  total de 1587, o que representa 20,3 por cento, adiantam os dados. Preocupada com esta população "mais idosa, vulnerável e com dificuldades  em denunciar" o crime, a GNR inicia, na sexta-feira, em todo o país a operação "Idoso em Segurança". Durante um mês, os militares da GNR vão realizar acções de sensibilização para alertar os mais idosos sobre quais os procedimentos de segurança que devem adoptar em caso de burla, disse à Lusa o capitão Rogério Copeto, da GNR. 

As acções de sensibilização vão decorrer em sessões a realizar em juntas  de freguesias ou centros de dia. Nos locais mais isolados, onde não é possível  realizar estas acções em salas, os militares da Guarda vão contactar porta  a porta e individualmente os idosos e deixar alguns conselhos, adiantou. Rogério Copeto afirmou que os elementos da Guarda vão aconselhar os  idosos para não terem o dinheiro em casa, para não abrirem a porta a estranhos e para não falarem dos vizinhos ou da sua vida a estranhos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)