Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Burlas com casas valem 1,42 milhões de euros

Âmbito da mesma investigação já haviam sido detidas outras 27 pessoas.
Correio da Manhã 29 de Agosto de 2020 às 09:49
Detenção foi feita pela Polícia Judiciária da Guarda
Homem é suspeito de ter provocado incêndio na terça-feira
Detenção foi feita pela Polícia Judiciária da Guarda
Homem é suspeito de ter provocado incêndio na terça-feira
Detenção foi feita pela Polícia Judiciária da Guarda
Homem é suspeito de ter provocado incêndio na terça-feira

A Polícia Judiciária prendeu um cidadão romeno de 30 anos, procurado há mais de quatro, por liderar uma rede, com sede em Portugal mas com ramificações pela Europa, que terá praticado burlas no valor de 1,42 milhões de euros com anúncios falsos de aluguer de casas.

O homem, que residia na Amadora, foi presente a juiz no tribunal de Sintra e ficou na cadeia. No âmbito da mesma investigação já haviam sido detidas outras 27 pessoas.

Amadora crime lei e justiça burlas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)