Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

BURLAVAM MULHERES

Só a bênção do ouro e dinheiro podia curar-lhes a tristeza, diziam elas, ciganas sabidas na arte da burla, convencendo as mulheres a entregarem-lhes os valores que possuíam. E, emocional mente fracas, as mulheres não falhavam. Emprestavam tudo o que tinham, na esperança do mal ser curável.
9 de Março de 2004 às 01:10
Durante meses foi assim. Até que uma das vítimas apresentou queixa na Judiciária, dando início às investigações que tiveram agora o primeiro resultado, com a detenção, na Ajuda, em Lisboa, da rede composta por cinco portugueses: três mulheres (que seleccionavam as vítimas) e dois homens.
Segundo a PJ, só nos últimos meses as burlas renderam um milhão de euros (500 mil contos). E, ainda de acordo com a PJ, os cinco elementos, entre os 22 e os 49 anos, têm relações de parentesco entre si e todos usavam documentação falsa para dificultar a sua identificação.
Dois dos burlões têm antecedentes criminais relacionados com o tráfico de drogas e eram já alvo de mandados de captura.
Aquando da detenção, a PJ apreendeu cerca de 200 mil euros em contas bancárias dos suspeitos e três viaturas de alta cilindrada, que servirão para ”salvaguardar a devolução às vítimas de, pelo menos, parte do valor furtado”, adiantou ao CM fonte policial. A mesma salientou que as vítimas, mulheres, eram “sempre” abordadas na rua. Os suspeitos foram ouvidos pelo Tribunal que decretou a prisão preventiva das mulheres e de um dos homens. O outro ficou obrigado a apresentações periódicas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)