Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Caçadeira apreendida era usada em roubos

Suspeitos têm 16 e 17 anos e foram constituídos arguidos.
Ana Palma 22 de Março de 2016 às 10:03
Militares da GNR fizeram buscas
Militares da GNR fizeram buscas FOTO: Carlos Barroso
Em finais de 2015, os dois jovens, de 16 e 17 anos, dedicaram-se a fazer assaltos com ameaça de uma arma de fogo ou de faca, na zona de Quarteira. A arma usada nos crimes, uma espingarda-caçadeira, foi agora apreendida por militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Loulé, que constituiu arguidos os suspeitos no processo.

Segundo o CM apurou junto de fonte do Comando de Faro da GNR, a operação que levou à apreensão da espingarda-caçadeira, bem como de 33 cartuchos de calibre 12 e ainda de uma cartucheira, foi desencadeada ontem de manhã, em Quarteira, no âmbito de um inquérito judicial a cargo do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro.

A operação coordenada pelo NIC contou, no terreno, com o apoio de militares do Destacamento de Intervenção de Faro e do Subdestacamento Territorial de Quarteira. A dupla, ao que o CM apurou, costumava ameaçar as vítimas, com recurso às armas de que dispunha, para depois lhes roubar os bens que tinham consigo. A maioria dos crimes terão sido praticados na zona de Quarteira.

Ainda segundo informação do Comando de Faro da GNR, na operação foi possível aos investigadores recuperar uma mala de senhora, a qual tinha sido roubada a uma das vítimas, em finais do ano passado.

Juntamente com os dois suspeitos, que estão indiciados por crimes de roubo, foi ainda constituído arguido um familiar de um dos jovens. Segundo revelou a GNR, está indiciado pelo crime de posse ilegal de arma.
Ver comentários