Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Caçador tem de pagar 350 euros aos bombeiros de Mirandela

Tem quatro meses para cumprir a decisão judicial. 
T.R. 26 de Agosto de 2020 às 08:25
Bombeiros
Bombeiros
Bombeiros
Bombeiros
Bombeiros
Bombeiros

O homem de 65 anos que foi apanhado em flagrante delito pela GNR de Mirandela a caçar numa área recentemente ardida viu o processo ser suspenso provisoriamente, sob obrigação de pagamento de 350 euros aos bombeiros locais.

O caçador estava numa área, junto à aldeia de Eixes, naquele concelho, que no dia 6 de agosto foi fustigada por um incêndio de grandes dimensões, que colocou em risco bens e habitações.



Tem quatro meses para cumprir a decisão judicial. 

Mirandela GNR economia negócios e finanças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)