Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Cadastrado de 66 anos rapta a ex-mulher e viola-a em São João da Madeira

Agressor voltou a atacar a mesma vítima que havia fugido de casa.
L.R. 15 de Março de 2019 às 01:30
Desta vez o agressor ficou preso
Prisão
Tribunal
Desta vez o agressor ficou preso
Prisão
Tribunal
Desta vez o agressor ficou preso
Prisão
Tribunal
Condenado há poucas semanas a uma pena de prisão suspensa pelo crime de violência doméstica sobre a ex-mulher, e por isso se manteve em liberdade, o agressor, de 66 anos, voltou a atacar a mesma vítima – que tinha fugido de casa e estava refugiada junto de familiares.

Há poucos dias, surpreendeu a antiga companheira em S. João da Madeira e raptou-a na rua: colocou-a à força no carro e levou-a até à casa onde reside, em Ovar, onde a violou repetidamente, mantendo-a manietada.

A mulher conseguiu pedir depois ajuda e fez queixa na Polícia Judiciária do Porto, que acabou por deter o arguido. Presente a tribunal, foi levado para a cadeia onde vai ficar em prisão preventiva até ser julgado.
Polícia Judiciária do Porto S. João da Madeira Ovar crime lei e justiça crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)