Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Cadastrado em condicional de volta à prisão após assalto

Homem foi apanhado em flagrante delito quando tentava assaltar as instalações de uma empresa de construção civil e obras públicas.
M.F. 30 de Setembro de 2020 às 08:33
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra FOTO: Ricardo Almeida
Um homem de 32 anos, que estava em liberdade condicional, foi esta terça-feira condenado no Tribunal de Coimbra a dois anos e três meses de prisão, com pena efetiva, por furto qualificado na forma tentada.

O cadastrado foi apanhado em flagrante delito quando tentava assaltar as instalações de uma empresa de construção civil e obras públicas, na Figueira da Foz. Na leitura da sentença, o juiz foi claro ao pedir ao arguido “um esforço no comportamento”. “Já leva anos a mais com falta de liberdade. Vamos ver se para a próxima leva a liberdade condicional até ao fim”, concluiu.
Tribunal de Coimbra crime lei e justiça justiça e direitos
Ver comentários