Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Cadáver a boiar tirado da marina

Foi ontem de manhã encontrado a boiar e retirado da água, na Marina de Lagos, o cadáver de um sexagenário inglês. O homem estava desaparecido desde o passado domingo, segundo a participação feita pelo filho, que tem um veleiro atracado naquela marina. A Polícia Judiciária de Portimão aponta para morte acidental.

20 de Novembro de 2011 às 01:00
Corpo do homem foi encontrado a boiar junto ao veleiro do filho, na área dos ancoradouros
Corpo do homem foi encontrado a boiar junto ao veleiro do filho, na área dos ancoradouros FOTO: Miguel Veterano

O filho participou o desaparecimento do pai, à Polícia Marítima, na passada terça-feira. Ao fazer a participação, o velejador inglês disse que o pai o tinha ido visitar e desaparecera no domingo anterior. Justificou o atraso na informação às autoridades com o facto de, noutras alturas, o pai o ter visitado em marinas e regressado a casa sem o avisar. Desta vez, estranhou que tivesse deixado os medicamentos e não ter movimentado contas bancárias.

A Polícia Marítima informou o Ministério Público, que entregou o caso à Polícia Judiciária em Portimão. Segundo o CM apurou, os inspectores descobriram que o homem desaparecido tinha estado a beber álcool com amigos no passado domingo. E já uma vez, em Vilamoura, tinha caído à água em circunstâncias semelhantes. Anteontem chegaram a ser feitas buscas com mergulhadores na Marina de Lagos, mas só ontem foi encontrado o cadáver.

MORTE ÓBITO LAGOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)