Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Cadáver encontrado escondido atrás de tábuas após incêndio no Estoril

Autoridades suspeitam de que o cadáver pertença a ex-advogado.
Miguel Curado 25 de Outubro de 2020 às 09:53
Apartamento ardeu no dia 6
Apartamento ardeu no dia 6
Apartamento ardeu no dia 6
Apartamento ardeu no dia 6
Apartamento ardeu no dia 6
Apartamento ardeu no dia 6
O cadáver de um homem encontrado na terça-feira à tarde no interior de um apartamento no Estoril, que tinha sido destruído pelas chamas na noite de 6 de outubro, sem que os bombeiros reparassem na presença do mesmo, estava ocultado por trás de umas tábuas de madeira, na cozinha.

E, ao contrário do que foi inicialmente avançado, o corpo estava apenas parcialmente queimado.

Sem identificação, as autoridades suspeitam de que o cadáver pertença ao inquilino do apartamento, um homem com cerca de 50 anos, ex-advogado, que começou a coletar lixo após dar mostras de problemas psiquiátricos.

A presença do corpo escapou ainda a brigadas da PSP e da PJ, que ali se deslocaram para investigar. Foi detetado por uma equipa de limpeza.
Estoril crime lei e justiça polícia
Ver comentários