Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Cadela de Mourinho já está em Portugal

O caso que envolveu José Mourinho e a sua cadela “Leya” terminou. Matilde, esposa do treinador, chegou ontem ao aeroporto da Portela, em Lisboa, cerca das 21.30h, acompanhada por “Leya”, e recusou-se a prestar qualquer declaração.
19 de Maio de 2007 às 00:00
Matilde e a cadela 'Leya' no aeroporto de Lisboa
Matilde e a cadela 'Leya' no aeroporto de Lisboa FOTO: André Nacho
Contudo, o seu advogado distribuiu aos jornalistas um comunicado onde assegura que “o animal de estimação da família regressou a Portugal com total conhecimento e assistência das autoridades inglesas”. No ponto quatro, o comunicado diz ainda quer Mourinho pretende “concentrar-se única e exclusivamente” no jogo de hoje entre o Chelsea e o Manchester United da final da Taça de Inglaterra e que espera não voltar a ser questionado sobre o assunto relacionado com “Leya”.
Mourinho foi detido na terça-feira em Londres depois de ter recusado entregar “Leya” a funcionários do Serviço de Controlo e Saúde Animal, que pretendiam pô-la de quarentena por alegado desrespeito das leis contra a raiva. O caso teve origem numa denúncia de um veterinário.
A advogada inglesa de José Mourinho, Elizabeth Robinson, transmitiu uma mensagem em nome do treinador do Chelsea: “Ele pediu que se respeitasse a sua vida familiar, particularmente no que diz respeito à mulher e aos filhos.”
Ver comentários