Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Cai da janela da Casa do Gaiato

Um utente autista da Casa do Gaiato de Beire, em Paredes, caiu, ontem, da janela de um edifício da instituição. Luís Pereira Tomé, de 39 anos, sofreu um traumatismo craniano após se ter debruçado para ver a realização de umas obras na rua.
23 de Outubro de 2010 às 00:30
Ambulância estabilizou o ferido no estádio de Paredes
Ambulância estabilizou o ferido no estádio de Paredes FOTO: Ricardo Bessa Moreira

A vítima estava à janela a ver o trabalho de um trolha quando se deu o acidente. "Ele pendurou-se na janela e caiu de uma altura de quatro metros", contou ao CM o padre António Baptista, responsável por aquela instituição.

Ainda segundo o responsável, a vítima estava consciente quando foi levada para o Estádio das Laranjeiras, em Paredes, de onde iria ser transportada de helicóptero para o hospital. O helicóptero do INEM ainda chegou a aterrar no relvado do estádio, mas não chegou a ser necessário recorrer ao seu transporte.

A vítima acabou por ser estabilizada no interior da ambulância e foi conduzida ao Hospital Padre Américo, em Penafiel. À hora de fecho desta edição, o homem continuava em observações.

A história do utente Luís Pereira Tomé resume-se à Casa do Gaiato de Beire. Autista profundo, vive naquela instituição desde os 10 anos. "Não tem família e nunca falou", explicou o padre António Baptista.

Autista Queda Casa do Gaiato Paredes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)