Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Calor traz mais fogos

Norte e centro do País com bombeiros muito ativos.
Luís Oliveira e João Nuno Pepino 6 de Agosto de 2016 às 09:38
Helicóptero dos bombeiros no cmbate às chamas
Helicóptero dos bombeiros no cmbate às chamas FOTO: Artur Vaz Oliveira
Os distritos de Viseu, Santarém e Viana do Castelo foram ontem os mais fustigados pela deflagração de incêndios florestais. Ontem à noite mais de 400 bombeiros estavam envolvidos no combate aos fogos em Arco de Valdevez, no Parque Natural da Peneda da Gerês e em Benavente.

A subida de temperatura já verificada ontem fez aumentar o número de ocorrências de incêndios. Em Viseu, os bombeiros voltaram à freguesia de Couto de Baixo e Couto de Cima para apagar um novo fogo. Nas últimas semanas já se registaram naquela zona mais de uma dezena de focos de incêndios. As chamas mobilizaram ao todo oito dezenas de operacionais.

Em Santarém, um incêndio que deflagrou às 11h00 consumiu uma vasta área de vegetação e árvores numa encosta junto ao instituto politécnico da cidade. As chamas eclodiram no lugar das Ómnias, junto à Linha Ferroviária do Norte, e foram lavrando pelo mato na direção do planalto, o que causou alguma apreensão entre os moradores desta zona da cidade.

No mesmo distrito, em Benavente, freguesia de Coutada de Baixo, as chamas consumiam ontem à noite uma zona de floresta. O vento dificultava o trabalho de mais de 200 bombeiros que estavam no terreno.
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)