Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Câmara acusa CP de atentado patrimonial

A Câmara Municipal de Marvão (CMM) acusa a CP de atentar contra o património. Em causa está a retirada, sem aviso prévio, de mobiliário histórico construído na primeira metade do século XX, à medida, para a estação ferroviária da Beirã. Os móveis, entre os quais o aparador e balcão do bar do antigo refeitório, foram levados na quarta-feira por funcionários da CP do Entroncamento, que acabaram identificados pela GNR.
22 de Dezembro de 2008 às 00:30
Os móveis, de valor histórico para Marvão, foram levados na quarta-feira por funcionários da CP
Os móveis, de valor histórico para Marvão, foram levados na quarta-feira por funcionários da CP FOTO: Manuel Isac

Contactada pelo CM, fonte da CP disse desconhecer a intervenção das autoridades e estranha a contestação da autarquia. "Até à data não recebemos qualquer pedido ou proposta para aquisição desse mobiliário", referiu.

Para o presidente da Câmara de Marvão, Vítor Frutuoso, devia ter sido a CP a informar das suas intenções sobre o mobiliário. "Há muito património no concelho e a Câmara não pode ser responsável por todo ele. Mas antes de o danificarem deviam ter consultado o executivo para que houvesse um entendimento que favorecesse as duas partes", frisou.

O autarca referiu ainda que a CP teve um comportamento abusivo ao destruir parte do mobiliário. "Para os acondicionarem no transporte cortaram móveis. Agora vão ficar sujeitos à humidade, a apodrecer num armazém", acrescentou Vítor Frutuoso, que disse desconhecer se a CP tem outro projecto para a estação, uma das três que fazem ligação com Espanha.

A empresa, que não adiantou quais são as suas intenções para o imóvel, referiu apenas que esta medida teve por objectivo prevenir actos de vandalismo.

"O mobiliário é propriedade da CP e está registado no inventário. Está agora armazenado em condições de preservação", garantiu a fonte.

O caso foi desencadeado a partir de uma denúncia de munícipes. Em comunicado, a autarquia informou que, face aos constantes atentados da CP, irá iniciar o processo de classificação de interesse municipal da estação da Beirã.

NOTAS

CONSTRUÇÃO

A estação Marvão-Beirã foi construída no final do século XIX. É ponto de ligação com Espanha, ao ramal de Cáceres.

ESPÓLIO

Do edifício da estação destacam-se os painéis de azulejos de Jorge Colaço.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)