Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Câmara suspende funcionário

A Câmara de Viana do Castelo decidiu ontem suspender por dois anos um engenheiro do Ambiente, na sequência de um processo disciplinar que lhe foi movido por ter denunciado ao Ministério Público alegados “procedimentos menos correctos” da autarquia.
13 de Janeiro de 2005 às 01:02
Segundo o presidente da Câmara, o socialista Defensor Moura, aquele engenheiro, no decorrer do processo disciplinar, “não conseguiu confirmar” as denúncias que fez, pelo que o executivo municipal lhe aplicou uma pena de “inactividade por dois anos”.
Esta pena radica, segundo o autarca, no facto de todo este processo “perturbar a relação funcional dentro da Câmara, não só com os políticos, mas também com os responsáveis dos vários sectores”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)