Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Câmaras da Brisa não captam vândalos

O comandante dos Bombeiros do Dafundo , em Oeiras, foi ontem à GNR formalizar a queixa pelo ataque à pedrada a uma ambulância da corporação que seguia com dois doentes, anteontem de madrugada, na A5, entre a área de serviço e as portagens de Carcavelos. "Fui à GNR, mas disseram-me apenas que a queixa ia seguir para o Ministério Público", disse ao CM o comandante Carlos Jaime.
25 de Outubro de 2011 às 01:00
Comandante fez queixa à GNR
Comandante fez queixa à GNR FOTO: Sérgio Lemos

Sobre as imagens de videovigilância da Brisa, explicou que no posto da GNR a única coisa que lhe disseram foi que os vândalos que atiraram a pedra da calçada não ficaram gravados. "A Brisa não tem câmaras que apontem para o viaduto, logo só registaram o ataque, mas continuamos a não saber quem são os responsáveis", diz o comandante. Recorde-se que as duas bombeiras foram atingidas e tiveram mesmo de receber tratamento hospitalar de madrugada.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)