Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Camião mata em manobras

Francisco Amaral, 63 anos, foi surpreendido e esmagado por pesado em parque de empresa
29 de Maio de 2013 às 01:00

"Toda a vida trabalhou ligado aos camiões. Já conduziu e agora organizava os veículos no parque, não merecia ter um final destes", disse ao CM, emocionada, a filha mais nova de Francisco Amaral, que morreu ontem ao início da manhã esmagado entre duas composições de um veículo pesado de mercadorias, na sequência de manobras no parque da empresa Patinter, em Mangualde.

O alerta foi dado pelas 08h20. O trabalhador de 63 anos estava a acoplar o reboque e o trator quando "foi colhido pelo próprio camião e ficou esmagado entre as duas frações", disse ao CM Márcio Teles, adjunto do comando dos Bombeiros Voluntários de Mangualde. A vítima entrou em paragem cardiorrespiratória e o óbito foi declarado pelo médico do INEM.

Em comunicado, a empresa de transportes internacionais lamenta "profundamente a morte do colaborador". Em Póvoa de Sobrinhos, Viseu, de onde a vítima era natural, familiares e amigos estão em choque e lembram Francisco Amaral como um homem "simpático e muito divertido".

Era casado e deixa três filhos, de 26, 30 e 37 anos. O corpo está em câmara ardente no salão do Reino das Testemunhas de Jeová, em Viseu. O funeral será hoje, pelas 17h00, no cemitério de Rio de Loba.

MORTE ÓBITO MANGUALDE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)