Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Campanha do Viagra dá queixa

A AIDS Healthcare Foundation, fundação que luta contra a sida, diz ter apresentado uma queixa contra a farmacêutica Pfizer, a fabricante do Viagra, por esta ter uma política comercial “enganadora”.
24 de Janeiro de 2007 às 00:00
Segundo a fundação, o grupo tenta vender o seu medicamento a pessoas que não precisam, sendo culpada de “práticas ilegais, injustas e fraudulentas”. “O marketing enganador e ilegal que é feito para vender o Viagra provocou um aumento da propagação das doenças sexualmente transmissíveis, entre as quais a sida”, indica a queixa.
A fundação acusa a Pfizer de manter a sua política apesar de haver “provas claras da sua ilegalidade e dos seus efeitos nefastos”.
O objectivo da queixa é que a Pfizer deixe de fazer as suas campanhas publicitárias como são feitas actualmente e informe os potenciais compradores dos riscos ligados ao consumo de Viagra.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)