Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Cardeal apela à fidelidade

O Cardeal Patriarca de Lisboa afirmou ontem, na segunda catequese quaresmal, que "o casamento é uma vocação para a santidade" e, como tal, deve ser vivido de acordo com o exemplo de Jesus.

5 de Março de 2012 às 01:00
O Cardeal Patriarca, D. José Policarpo, presidiu à celebração na Sé de Lisboa
O Cardeal Patriarca, D. José Policarpo, presidiu à celebração na Sé de Lisboa FOTO: João Miguel Rodrigues

"O casamento é um caminho escolhido, em diálogo com Deus, para a fidelidade cristã em ordem à plenitude que o Senhor quer que cada um de nós alcance, através da sua caminhada na vida. Isso é uma vocação cristã entre as muitas vocações a que o Senhor chama os cristãos", disse D. José Policarpo, perante uma audiência repleta de fiéis, na Sé de Lisboa.

Para o Cardeal Patriarca, "uma igreja em que as famílias não se amem em Cristo, é uma igreja pobre que dificilmente encontrará a sua verdade e que sobretudo dificilmente encontrará o dinamismo necessário para viver a Santidade e anunciar o amor de Deus pelos homens". Assim "o casamento tem de viver das principais qualidades de Jesus Cristo", nomeadamente a "capacidade de dom, a fidelidade e a fecundidade".

No final da celebração, D. José Policarpo apelou para que cada cristão seja "generoso no dom, fiel mesmo quando é difícil. Ser fecundo é o desafio permanente de uma família cristã. Só assim terá esperança na eternidade", concluiu.

CARDEAL JOSÉ POLICARPO FIDELIDADE RELIGIÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)