Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Carga de haxixe apanhada no mar

Polícia Judiciária, com a colaboração da Polícia Marítima e Marinha, travou embarcação de pesca carregada com mais de 4,5 toneladas de droga
5 de Junho de 2013 às 01:00

O barco de pesca já estava na mira da Polícia Judiciária (PJ) há vários dias e ontem preparava-se para fazer entrar em Portugal uma grande quantidade de haxixe, a partir da costa algarvia. A descarga foi travada pela PJ, em alto-mar, com a colaboração da Polícia Marítima (PM) e da Marinha. Foram detidos, pelo menos, quatro homens e apreendidas cerca de 4,5 toneladas de droga. Ontem, ao final da noite, ainda decorriam diligências e poderiam ser detidas mais pessoas envolvidas.

O barco é uma antiga traineira de pesca adaptada a embarcação de recreio. Ao que o CM apurou, está registada em Sesimbra e foi intercetada carregada com mais de 150 fardos de haxixe. A megaoperação policial decorreu quando o barco suspeito regressava de alto-mar, depois de se ter abastecido numa segunda embarcação, que terá vindo do Norte de África . Seguia do Sotavento para Barlavento quando foi abordada por uma lancha da Marinha com elementos da PM e da PJ a bordo. Os quatro suspeitos que seguiam no barco de pesca foram detidos após uma revista ao interior.

Os fardos foram descarregados, ontem à tarde, no Ponto de Apoio Naval de Portimão. Ao final da noite ainda estava a ser pesada e analisada pelos inspetores da PJ e da PM. Se fosse colocada no mercado, o haxixe poderia valer cerca de 15 milhões de euros. Caso seja pólen de haxixe o valor pode duplicar.

haxixe droga tráfico portimão pj mar
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)