Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Carne fora de validade

Cinquenta toneladas de carne congelada foram apreendidas pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) num entreposto grossista, na zona de Albufeira, Algarve.
12 de Fevereiro de 2008 às 00:30
O produto não tinha licenciamento e foi encontrado numa arca congeladora. Grande parte estava fora de validade há cinco anos. Seis toneladas de carne foram ontem enviadas para o aterro sanitário de Portimão para serem queimadas e destruídas.
Segundo explicou ao CM Manuel dos Santos, delegado regional da ASAE, alguma carne “já estava cozida do gelo” e “imprópria para consumo”. Uma parte do produto, entre carne suína, bovina, caprina e outras, estava rotulada com “prazo de validade a terminar em 2003 e noutros casos em 2006”. Segundo o mesmo responsável, tudo indica “que o produto estaria a ser preparado para ser introduzido no circuito comercial [nacional]” e no Sul de Espanha.
A empresa é o único entreposto grossista da região e fornece hipermercados, hotéis e restaurantes. Toda a carne estava devidamente embalada, mas um encarregado da empresa garantiu ao nosso jornal que “nenhuma era para ser distribuída, mas sim para atirar para o lixo e vender a associações de caçadores para alimentar matilhas de cães”.
A inspecção à empresa grossista começou sexta-feira e continua hoje, com a análise à facturação e registos de embalagem. Os inspectores fiscalizaram também carne fresca e não detectaram anomalias.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)