Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

CARPINTEIRO VAI FAZER MAIOR TERÇO DO MUNDO

“Pensei. Vou fazer.” Antero Botelho, de 60 anos, vai fazer o maior terço do Mundo. Atendendo a que são 59 as contas, cada uma tem 60 centímetros de altura, por 20 de largura, e há que juntar-lhes “umas trezentas peças em ferro”, o carpinteiro de profissão estima que a obra final tenha “mais ou menos 55 metros” e pese para cima de 500 ou 600 quilos.
26 de Abril de 2003 às 00:00
Feitas “as contas, no papel”, só falta deitar mãos à madeira e à plaina.
O trabalho de cortar e aparelhar (alisar) a madeira começará “este fim-de-semana”, garante ao Correio da Manhã Antero Botelho, que deve receber na terça-feira as argolas de ferro encomendadas ao serralheiro e fez, entretanto, a amostra de uma conta, de cantos cortados e arestas quebradas. Esta amostra, parte da travessa de um carril de caminho-de--ferro, tem mais de seis quilos e é de madeira maciça.
O pinho do rosário vai ser “do melhor”, garante o carpinteiro, que, até à conclusão da obra, vai deixar o restante trabalho de oficina ao cuidado dos empregados, para se aplicar, quase exclusivamente, na concretização daquela que é uma “ideia antiga”.
inauguração no dia 11
Antero Botelho conta ter o rosário pendurado no restaurante “O Carpinteiro”, em Alverca, no próximo dia 11, devendo concluí-lo “uns quatro dias antes”, para ter tempo de transportá-lo e fixá-lo “a todo o redor do tecto do restaurante”, onde, faz nesse exacto dia um ano, começou a cantar-se o fado, cantiga de eleição do artista carpinteiro.
Mas o espaço constitui uma espécie de segunda escolha, pois Antero Botelho preferia expô-lo publicamente. De qualquer modo, garante que “quem quiser, poderá entrar e vê-lo sem ter de pagar o que seja”.
O facto de se tratar de um lugar profano levou o carpinteiro a preferir não esculpir o corpo de Jesus Cristo na Cruz, que, na parte vertical, terá três metros e na horizontal cerca de dois, “em madeira de 35 centímetros de largo e oito a dez de grosso”, explica o artesão, com a mesma profissão do pai terreno de Jesus Cristo.
Depois do maior rosário do Mundo, Antero Botelho dispõe-se, desde já, a produzir a maior Cruz, com 60 metros de alto, o que prova não ser este um carpinteiro adepto das miniaturas, antes das peças de enorme dimensão.
Acerca da relação entre a dimensão da obra que pretende executar e o ‘tamanho’ da sua Fé, Antero Botelho, admite-a – pois é católico, “embora já tenha sido mais praticante” –, mas não deixa de sublinhar a importância de “lutar para se conseguir fazer o que queremos”, porque “sabe-se lá quantos anos é que por cá andamos ainda.”
força de ricardo
Assim, ao contrário do que podia pensar-se, não é ter de cumprir uma promessa que o leva a pretender fazer o maior rosário.
O carpinteiro já tinha a ideia há muito tempo, mas faltara-lhe o incentivo de alguns dos seus mais próximos familiares.
A actual mulher dá-lhe “força” para a empreitada a que se propõe e no neto, Ricardo Resende, de 9 anos, tem um dos mais dedicados entusiastas. A criança não se limita, de resto, a incentivar o avô. Oferece-lhe as mãos pequeninas e delicadas. “Posso ajudar-te avô? À tarde, quando vier da escola”, suplica.
Segundo estima Antero Botelho, sem contabilizar as próprias horas de trabalho, a empreitada vai ficar-lhe em 2.500 euros (cerca de 500 contos). Até dia 7 ou 8 de Maio, todas as tardes na oficina, em Frielas, concelho de Loures, serão de trabalho, “com excepção do domingo”, a compor gigantescas contas e a uni-las por meio de argolas.
O carpinteiro espera que Deus o ajude.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)