Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Carro totalmente destruído pelas chamas na A22 em Albufeira

Condutor da viatura sentiu o motor a sobreaquecer, encostou à berma e conseguiu salvar-se a tempo.
Rafael Domingues 22 de Setembro de 2019 às 14:12
A carregar o vídeo ...
Condutor da viatura sentiu o motor a sobreaquecer, encostou à berma e conseguiu salvar-se a tempo.
Um carro ficou, na manhã deste domingo, totalmente destruído após ter pegado fogo ao km 114 da A22, no sentido de Vila Real de Santo António para Faro.

A autoestrada chegou a estar cortada durante cerca de meia hora.

O condutor do veículo - e seu único ocupante - contou ao Correio da Manhã que se apercebeu de que o motor do carro estava a aquecer demasiado e decidiu encostar na berma da autoestrada. Pouco tempo depois, o veículo começou a arder.

O homem conseguiu sair a tempo, sem ter sofrido qualquer ferimento. "O carro vai para a sucata mas o importante é que consegui salvar a minha vida", disse o condutor.

As chamas provocaram um fumo denso, o que alarmou alguns condutores. Na sequência do fogo foram lançados para as faixas de rodagem alguns detritos, o que levou ao corte da autoestrada durante meia hora para limpeza da via pela concessionária da Via do Infante.

A autoestrada foi depois reaberta apenas num sentido de trânsito e só após a conclusão da limpeza é que a circulação começou a processar-se com normalidade, já ao final da manhã. O automóvel ardido foi posteriormente removido do local, sendo transportado por um reboque.

No local estiveram elementos dos Bombeiros Municipais de Tavira e dos Voluntários de Vila Real de Santo António, com duas viaturas de combate a incêndios, bem como militares da GNR. No total foram mobilizados 17 operacionais.
A22 Albufeira carro chamas incêndio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)