Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Carros de luxo lavam fortuna a traficantes

Augusto Fernandes e advogada Sandra Martins suspeitos de envolvimento no esquema.
João Carlos Rodrigues 28 de Março de 2019 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Augusto Fernandes e advogada Sandra Martins suspeitos de envolvimento no esquema.
Uma investigação a uma rede de tráfico de droga com base no Monte da Caparica, em Almada, levou a GNR à detenção de oito pessoas – entre elas Augusto Fernandes, o empresário do ramo automóvel conhecido por vender carros a famosos – e à constituição de arguida da advogada Sandra Martins, que representa vários arguidos envolvidos na invasão da Academia de Alcochete.

Em causa estão crimes de associação criminosa, tráfico de droga e branqueamento de capitais.

De acordo com o comandante da GNR de Almada, esta investigação – denominada operação Asilo 28, em alusão ao bairro a partir de onde o núcleo principal operava – teve início há três anos.

"Era um esquema de tráfico de rua, no qual identificámos o cabecilha e a partir daí fomos estabelecendo as relações com outras redes de tráfico em bairros de Lisboa", explicou ao CM o capitão Luís Maciel.

Na manhã de terça feira, dezenas de operacionais da GNR avançaram para buscas em 21 residências, dois estabelecimentos comerciais e um escritório de advogados, onde foi apreendida droga, armas, munições, automóveis de alta cilindrada e mais de 22 mil euros.

O grupo de traficantes criava empresas para justificar e lavar os milhares de euros obtidos com o tráfico. "A lavagem de capitais passava também pela aquisição de bens materiais de elevado valor, como automóveis e motociclos, num stand na região do Porto, o qual fornecia ainda veículos de alta cilindrada para o transporte de droga para esta rede, cujo proprietário foi detido", esclareceu a mesma fonte da GNR.

Foi por este motivo que Augusto Fernandes foi detido e levado para Almada, onde ontem à tarde foi presente a tribunal para interrogatório, tal como os outros detidos. O empresário acabou por ser libertado.

Já Sandra Martins é suspeita de ter colaborado com os outros arguidos na formalização de negócios que permitiam branquear capitais.

O CM tentou ontem obter uma reação da advogada, sem sucesso.

Dono do BMW que Angélico conduzia
Augusto Fernandes é um conhecido comerciante de automóveis da região Norte. Trabalha sobretudo com carros de luxo e alta cilindrada, e tem na sua carteira de clientes vários jogadores de futebol e famosos de várias áreas.

Ficou conhecido no verão de 2011, na sequência da morte do ator Angélico Vieira, que perdeu a vida num aparatoso acidente de viação na A1.

O carro – um BMW 635 – pertencia ao stand de Augusto Fernandes, e segundo a GNR circulava com pneus desadequados. Ainda assim a causa do acidente foi atribuída à velocidade excessiva. 

Aníbal Pinto ataca detenção da GNR
O advogado de Augusto Fernandes garante que este "está inocente" e "não fez mais do que qualquer vendedor de automóveis faz".

"Lamento é este expediente de deter uma pessoa na Póvoa de Varzim e trazê-la para Almada", aponta Aníbal Pinto.
Lisboa Monte da Caparica Almada GNR empresário Sandra Martins Vieira A1 Luís Maciel Porto BMW
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)