Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3
Siga o CM no WhatsApp e acompanhe as principais notícias da atualidade Seguir

Pai de professora morta de novo atacado em casa

Dois homens arrombaram a porta da casa de Manuel Cipriano, mas fugiram sem nada roubar.
João Carlos Rodrigues e Miguel Curado 19 de Setembro de 2023 às 12:47
A carregar o vídeo ...
Casa de professora morta durante assalto em Alenquer volta a ser assaltada
O terror em que vive Manuel Cipriano parece estar longe de terminar. Depois de ter assistido à morte da filha Rita às mãos de assaltantes, na madrugada de 11 de setembro, o empresário do setor do vinho, de 76 anos, apercebeu-se de um assalto à casa de que é proprietário, mas de onde saiu após o crime, em Penafirme da Mata, Alenquer.

O crime ocorreu perto da meia-noite de sexta-feira, pouco depois do funeral de Rita Cipriano. Recorde-se que a filha de Manuel Cipriano morreu aos 42 anos, após ter sido amarrada nos pés e mãos e amordaçada por uma dupla de ladrões que fugiram com 10 mil euros.

Desta vez, desconhecidos tentaram arrombar a porta da casa de Penafirme da Mata ao pontapé, mas só o conseguiram com uma barra de ferro. Manuel Cipriano estava próximo. Mesmo aterrorizado, o empresário fez muito barulho. Assustados, os ladrões fugiram sem nada roubar.

A GNR apreendeu a barra de ferro e investiga agora ligação entre este crime e a morte de Rita Cipriano, que tem inquérito-crime aberto e a cargo da Polícia Judiciária.
Alenquer crime lei e justiça crime assalto
Ver comentários
C-Studio