Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

CASAL DESAPARECIDO ESTEVE NA JUDICIÁRIA

O casal do Pinhal Novo que alegadamente tinha desaparecido no Brasil já regressou a Portugal, mas teve que ir à Polícia Judiciária de Setúbal para mostrar que estavam ambos vivos e de boa saúde. Isto por uma medida de precaução assumida pelas autoridades policiais na sequência da morte dos seis empresários portugueses em Fortaleza, em 2001.
4 de Outubro de 2004 às 00:00
“Em caso de dúvida é melhor não facilitar; é preferível prevenir que remediar”, adiantou uma fonte policial. O casal do Pinhal Novo, Paulo e Rute, saiu para o Brasil no dia 2 de Setembro e devia ter regressado no dia 16 do mesmo mês, segundo a mãe de Paulo, Maria do Rosário.
No entanto, uma vez que o regresso não se verificou na altura prevista e os pais de Paulo não conseguiam contactar nem com o filho nem com a nora, foi dado conhecimento à PSP do Barreiro e depois à PJ.
A PJ chegou a ouvir os pais de Paulo e a estabelecer contactos com as autoridades brasileiras, para tentar descobrir o paradeiro do casal. Com o regresso e a constatação de que estava tudo bem o processo ficou concluído.
Ver comentários