Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Casal detido por escravizar mulher moçambicana em Espinho

Vítima, uma mulher de 29 anos, era obrigada a trabalhar 16 horas por dia e recebia 50 euros por mês. 
Correio da Manhã 28 de Novembro de 2022 às 12:40
A carregar o vídeo ...
Casal detido por escravizar mulher moçambicana em Espinho
Um casal foi detido pela Polícia Judiciária em Espinho por escravizar uma mulher moçambicana.

Os detidos, de 40 e 42 anos, aliciaram a vítima a vir estudar e trabalhar para Portugal, tendo-a submetido a "servidão laboral/doméstica" quando esta chegou ao País. Já em Portugal, a vítima, uma mulher de 29 anos, era obrigada a trabalhar 16 horas por dia e recebia 50 euros por mês. De acordo com um comunicado da PJ, a moçambicana foi "privada dos seus documentos" e não tinha direito "a folgas ou horário de descanso". 

A vítima só podia tomar uma refeição por dia e os seus cuidados de higiene eram também limitados. "Foi-lhe diagnosticada uma anemia grave provocada por ausência de alimentação, sendo notória a sua debilidade geral e falência física", refere ainda a PJ. 

Os detidos, ambos estrangeiros, vão ser presentes à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.
Ver comentários
C-Studio