Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Casal na cadeia por escravizar

Desempregado, com dificuldades económicas e portador de uma deficiência mental, aceitou a oferta de emprego que um casal de feirantes lhe fez.
23 de Abril de 2013 às 01:00

O homem, porém, nunca pensou ser tratado como um escravo durante seis anos, até conseguir fugir e denunciar Ana e Ezequiel Machado. O casal foi ontem condenado, no Tribunal de S. João Novo, no Porto, a cinco anos e meio de prisão.

Os arguidos, que até agora estavam apenas obrigados a apresentações semanais às autoridades, prometeram à vítima 75 euros por mês para vender pensos, brinquedos e guarda-chuvas em feiras e festas populares. No entanto, o homem teve de entregar o bilhete de identidade aos arguidos, trabalhava de forma gratuita, dormia numa carrinha e o Rendimento Social de Inserção que recebia era "confiscado" pelo casal. A casa da vítima era usada apenas como armazém.

O casal foi absolvido dos crimes de extorsão, maus-tratos e sequestro, tendo sido apenas condenado por escravidão.

PORTO CASAL ESCRAVOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)