Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Casal viola pastor usando uma cenoura

Um casal de Belmonte agrediu e sodomizou com uma cenoura um pastor, de 56 anos, deixando-o nu e de pés e mãos amarrados no meio da serra, a cinco quilómetros de Vale de Cobrão, em Vila Velha de Ródão. A Polícia Judiciária de Coimbra anunciou ontem a detenção dos suspeitos, após uma investigação que se prolongou por cinco meses. Ouvidos ontem no Tribunal de Castelo Branco, sairam em liberdade.
16 de Outubro de 2009 às 00:30
Arguidos foram ouvidos ontem ao fim do dia por um juiz do Tribunal de Castelo Branco. Sairam em liberdade
Arguidos foram ouvidos ontem ao fim do dia por um juiz do Tribunal de Castelo Branco. Sairam em liberdade FOTO: Edgar Martins

Na origem dos crimes esteve um acto de vingança, após uma insinuação de cariz sexual feita pelo pastor à mulher detida, que culminou com o despedimento do homem. A vítima, que tinha trabalhado durante meses para o casal, guardando um rebanho, regressou a casa, na zona de Setúbal.

Mas os arguidos, de 36 e 40 anos, entenderam que o despedimento não era um castigo suficiente. Por isso, segundo uma fonte da PJ, telefonaram ao pastor a pedir que voltasse, prometendo readmiti-lo. Numa noite de Maio, o patrão, numa carrinha onde a mulher seguia escondida, foi esperá-lo à estação dos comboios. Mas em vez de tomar o caminho de casa, levou a vítima para a serra. Quando pararam, apareceu a mulher e ambos agrediram, despiram e violaram o pastor, usando uma cenoura comprada de propósito. E abandonaram-no de pés e mãos amarrados.

Quando se libertou foi pedir socorro, mas depois de andar cinco quilómetros, teve de se refugiar num palheiro até amanhecer: os habitantes tiveram medo do homem  “nu e a sangrar” e não o ajudaram até ser dia.

PORMENORES

INVESTIGAÇÃO

O casal foi detido na quinta-feira na sequência de buscas à sua residência, em que foram encontrados objectos que os relacionam com os crimes.

CRIMES

Os arguidos são suspeitos de sequestro, roubo, ofensa à integridade física e violação. Não têm antecedentes. É um casal dito normal, que trabalha e tem filhos.

SEM NADA

O pastor foi sequestrado pelas 23h00. Os suspeitos, além de o agredirem e violarem, roubaram-lhe a roupa, a carteira e o telemóvel.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)