Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Casas contaminadas com gás radioativo no bairro da Urgeiriça. Moradores aguardam descontaminação há 10 anos

Empresa de desenvolvimento mineiro comprometeu-se a fazer a descontaminação, mas apenas 15 habitações foram reabilitadas.
Pedro Ramos Bichardo 25 de Julho de 2019 às 21:35
A carregar o vídeo ...
Empresa de desenvolvimento mineiro comprometeu-se a fazer a descontaminação, mas apenas 15 habitações foram reabilitadas.

Há 190 toneladas de urânio fechado num armazém na urgeiriça desde 1999. A última avaliação apontou o valor de 13 milhões e 700 mil euros para o concentrado deste minério. O governo está a estudar o mercado e pretende vender as reservas de urânio existentes em Portugal em breve.

É nesse armazém das minas da Urgeiriça que continuam armazenadas 190 toneladas de concentrado de urânio que valem 13 milhões e 700 mil euros, segundo a última avaliação. É uma das reservas que o governo tenciona vender.

O ativo pertence à empresa de desenvolvimento mineiro que estará a estudar o melhor negócio. "A empresa de desenvolvimento mineiro, por não se tratar de um produto cotado em bolsa, está a desenvolver consultas ao mercado através de "brokers" para identificar as condições comerciais para a venda do stock de concentrados de urânio que tem no seu ativo, apresentando posteriormente uma proposta ao governo que enquadre os restantes procedimentos que envolvem a comunidade europeia da energia atómica."

O ministério do Ambiente confirma que o urânio está armazenado de forma a corresponder a normas muito restritas.

"Encontra-se adequadamente armazenado, de acordo com os normativos e requisitos definidos pela comunidade europeia da energia atómica e a agência internacional de energia atómica, entidades que procedem anualmente, e consecutivamente nas últimas décadas, a inspeções aos locais visados", disse fonte do Ministério do Ambiente.

O Investigação CM sabe que o governo paga a uma empresa de segurança privada que vigia o armazém 24 sobre 24 horas. O espaço é ainda observado a todo o instante por câmaras de videovigilância e está vedado.

Assim deverá permanecer até que existam condições de mercado para a venda, tal como vem previsto no Orçamento de Estado para 2019.

Também há casas que estavam contaminadas com gás radioativo e muito perioso para os moradores. A empresa de desenvolvimento mineiro comprometeu-se a fazer a descontaminação do bairro, mas o Investigação CM sabe que apenas 15 habitações foram reabilitadas. Os restantes continuam à espera há 10 anos.

Urgeiriça Portugal Investigação gás radioativo Moradores descontaminação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)