Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Cascais: Sete anos de prisão por violar filha

O Tribunal de Cascais condenou um homem a sete anos de prisão por violação agravada da filha, menor de idade, anunciou esta quinta-feira a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).


5 de Julho de 2012 às 18:43
Julgamento teve início a 23 de Maio deste ano no Tribunal de Cascais
Julgamento teve início a 23 de Maio deste ano no Tribunal de Cascais FOTO: Bruno Colaço

De acordo com informação na página da internet da PGDL, o tribunal deu como provado que, a 9 de Junho de 2010, o homem violou a filha, que na altura dos factos tinha 17 anos.

Segundo a PGDL, a vítima padece de deficiência intelectual moderada e o arguido, que não confessou os factos, é portador de patologias sexualmente transmissíveis.

A decisão ainda não transitou em julgado e o arguido permanece em liberdade, anunciou a PGDL.

A acusação foi deduzida em 28 de Novembro de 2011 e o julgamento teve início a 23 de Maio deste ano.

tribunal cascais violação deficiente filha menor prisão doença
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)