Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Caso de Pedroso contra Balbino chegou ao fim

O processo no qual o professor universitário Balbino Caldeira respondia por 49 crimes de difamação ao deputado socialista Paulo Pedroso chegou ontem ao fim após dias de mediação no Tribunal da Boa-Hora, em Lisboa.

4 de Outubro de 2008 às 00:30
Balbino esclareceu tribunal
Balbino esclareceu tribunal FOTO: Vítor Mota

Em causa estavam vários comentários inseridos no blogue Portugal Profundo. "O dr. Balbino Caldeira prestou esclarecimentos, dizendo que os posts haviam sido retirados do blogue e que nunca fora sua intenção imputar factos criminais a Paulo Pedroso mas unicamente comentar as notícias dos jornais", explicou ao CM João Pedroso, irmão e advogado do deputado socialista. "A prestação de esclarecimentos é uma forma de um julgamento terminar, não houve desistência da queixa, apenas aceitámos os esclarecimentos", acrescenta.

José Maria Martins, defensor de Balbino Caldeira, divulgou ontem no seu blogue que o processo terminou porque Paulo Pedroso desistiu da queixa. "Verificou-se que o meu cliente apenas comentou aquilo que se falava na Comunicação Social e no exercício do seu direito de liberdade de expressão, como qualquer cidadão", disse José Maria Martins ao CM.

Recorde-se que foi Balbino Caldeira quem levantou no seu blogue a polémica sobre a licenciatura do primeiro-ministro, José Sócrates.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)