Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Caso Joana: Advogado pede busca

O advogado de Leonor Cipriano enviou um fax para o Destacamento da GNR de Portimão, ao final da tarde de ontem, solicitando buscas a “uma casa abandonada lá para cima, nos montes da Figueira”, onde a mãe de Joana diz que o seu irmão João Cipriano enterrou o corpo da menina de oito anos, em 2004. Leonor e João foram condenados pelo homicídio de Joana. A GNR informou o advogado Marcos Aragão Correia de que deveria ter enviado o fax para a Polícia Judiciária, mas também comunicou a transmissão ao departamento da PJ em Portimão. Gonçalo Amaral, ex-coordenador da PJ responsável pela investigação, garantiu ao CM que todas as casas velhas e abandonadas na zona norte da Figueira foram alvo de buscas, incluindo uma que foi na altura indicada pela própria Leonor Cipriano.
29 de Janeiro de 2009 às 00:21
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)